• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • CADASTRO REGIONAL DE ÓRGÃOS E ENTIDADES DO MPT-MS 2
    • outdoor-trafico
    • Plantao
    • WhatsApp Image 2020-03-25 at 08.42.33

    Instituições debatem regulamentação da cadeia produtiva do carvão no MS

    Proposta é firmar termo de cooperação para exigir dos produtores o cumprimento das obrigações trabalhistas. Carvoarias ainda representam no estado o setor com mais casos de trabalho escravo inscritos na lista suja do MTE.

    16/12/2014 – A regularidade da cadeia produtiva do carvão vegetal destinado à produção de ferro gusa tem sido alvo de debates em Mato Grosso do Sul. Em audiência realizada no dia 4 de dezembro, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT-MS), em Campo Grande, foram discutidas medidas e requisitos mínimos a serem exigidos dos produtores como condição para aquisição do carvão vegetal pelas siderúrgicas.

    Imprimir

    MPT divulga os vencedores do Prêmio de Jornalismo

    Terceirização ilegal, contaminados por agrotóxicos, trabalho escravo e trabalhadores imigrantes são alguns dos temas vencedores

    Brasília, 12/12/2014 – Os jornalistas Guilherme Araújo e Simone Kafruni, do Correio Braziliense, ganharam o grande prêmio especial Fraudes Trabalhistas, do Prêmio MPT de Jornalismo. Eles assinam a série de reportagens sobre empresas terceirizadas no governo federal e vão dividir o prêmio de R$ 45 mil. O resultado dos vencedores foi divulgado durante cerimônia do prêmio, nesta quinta-feira (11), no Espaço Villa Rizza, em Brasília.

    Imprimir

    MPT em Dourados contará com novas instalações para atendimento à população

    10/12/2014 - A população da Grande Dourados será beneficiada com a aquisição das novas instalações do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Dourados. O ato de compra do imóvel foi formalizado, no dia 28 de novembro, pelo superintendente do Patrimônio da União em Mato Grosso do Sul, Mário Sérgio Sobral da Costa, e seu substituto, Carlos Pussoli Neto, com a presença do procurador-chefe do MPT-MS, Odracir Juares Hecht, do diretor regional, Idney Zeferino da Silva, e do diretor de orçamento e finanças, Ricardo Guercio.

    Imprimir

    MPT na Escola e Fórum de Trabalho Decente chegam a mais escolas ribeirinhas do Pantanal de Mato Grosso do Sul

    Atividade levou projeto de combate ao trabalho infantil para escolas ribeirinhas localizadas na região da Serra do Amolar, São Lourenço, Paraguai-Mirim e da comunidade indígena Guató da aldeia Uberaba.

    03/12/2014 - Projeto de combate ao trabalho infantil chega a mais alunos de escolas rurais da região do Pantanal de Mato Grosso do Sul. A ação foi realizada de 24 a 28 de novembro de 2014 pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-MS) e pelo Fórum de Trabalho Decente e Estudos sobre Tráfico de Pessoas (FTD-ETP) e alcançou famílias da região da Serra do Amolar, Barra de São Francisco, São Lourenço, Paraguai-Mirim e da comunidade indígena Guató, da aldeia Uberaba.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • socioambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos