• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • CADASTRO REGIONAL DE ÓRGÃOS E ENTIDADES DO MPT-MS 2
    • outdoor-trafico
    • WhatsApp Image 2020-03-25 at 08.42.33
    • Plantao

    MPT, ONU Mulheres e UNOPS e lançam série sobre desigualdades de raça e gênero no mundo do trabalho

    Vídeos explicam como racismo estrutural e sexismo se manifestam em piores condições de trabalho para mulheres, sobretudo, as negras

    Brasília, 13/12/2021 - A ONU Mulheres e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops) se uniram ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para produzir série de vídeos sobre desigualdade de raça e gênero no mundo do trabalho. Os episódios vão estar disponíveis a partir desta sexta-feira 10.12 nos canais do Youtube de ONU Mulheres Brasil e do MPT.  Os vídeos tiveram participação de Taís Araújo, defensora dos Direitos das Mulheres Negras da ONU Mulheres Brasil, que participou em cada um dos seis episódios.

    Imprimir

    Dourados: MPT e sindicatos de asseio e conservação acordam previsão de cotas legais nas próximas convenções coletivas

    Entidades que representam categorias profissional e econômica estabeleceram em convenções anteriores cláusulas flexibilizando reserva de vagas atribuídas às pessoas com deficiência, reabilitados do INSS e aprendizes

    13/12/2021 - Após longa tratativa, os sindicatos das Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul e dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Dourados assumiram judicialmente o compromisso de não mais pactuar, nos próximos instrumentos coletivos, cláusula que suprima ou reduza direitos de pessoas com deficiência, reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e aprendizes profissionais.

    Imprimir

    Catadoras de materiais recicláveis lançam livro “Quarentena da resistência” nesta sexta-feira (10)

    Livro faz parte de uma série de iniciativas realizadas conjuntamente pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) para assegurar o trabalho decente para pessoas em situação de vulnerabilidade. Evento virtual ocorre às 19h e será transmitido na página da OIT Brasil no Instagram

    Brasília, 09/12/2021 - Vinte e uma catadoras de materiais recicláveis lançam nesta sexta-feira (10), às 19h, o livro “Quarentena da resistência”, com histórias sobre exclusão social, vulnerabilidade e busca por condições de vida mais dignas. A publicação integra uma série de iniciativas realizadas conjuntamente pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O evento será transmitido na página da OIT Brasil no Instagram e marca o Dia Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, lembrado também no dia 10 de dezembro.

    Imprimir

    MPT defende transparência e objetividade em contratações públicas

    Em nota, instituição defende ainda o fortalecimento do sistema de auditoria e inspeção do trabalho e a realização de concurso público para atuação frente a casos corrupção na administração pública

    Brasília, 09/12/2021 - Neste dia 9 de dezembro, Dia Internacional de Combate à Corrupção, o Ministério Público do Trabalho (MPT) divulga nota em que defende a adoção de medidas necessárias para estabelecer sistemas apropriados de contratação pública, baseados na transparência, na competência e em critérios objetivos de adoção de decisões. No documento, a instituição também destaca a importância do fortalecimento do sistema de auditoria e inspeção do trabalho e da realização de concurso público para que servidores públicos atuem com eficiência nas denúncias de corrupção na administração pública.

    Imprimir

    MPT recebe primeiros resultados de pesquisa qualitativa sobre ações afirmativas para pessoas negras

    Ação faz parte de convênio firmado entre a instituição e a Universidade Zumbi dos Palmares para aperfeiçoamento de iniciativas de inclusão internas e atuação externa

    Brasília, 09/12/2021 - O coordenador geral de cursos da Universidade Zumbi dos Palmares, Raphael Vicente, entregou nesta terça-feira (7) à vice-procuradora-geral do Trabalho, Maria Aparecida Gugel os primeiros resultados de pesquisa feita com procuradoras e procuradores do Trabalho que ingressaram na carreira por meio cotas para pessoas negras. A pesquisa é uma das ações previstas em acordo de cooperação firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a Universidade Zumbi dos Palmares em março deste ano. A medida permitirá o aperfeiçoamento de iniciativas de inclusão que o MPT vem adotando.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • socioambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos