Documentário sobre trabalho infantil será exibido no dia 12 de outubro no Canal Futura

Fruto de parceria entre o MPT e a emissora, “Ser Criança” estreia na tevê e terá projeção no Instituto Ling, em Porto Alegre (RS)

Brasília, 10/10/2018 - Cíntia se maquia com esmero, antes de gravar o seu depoimento. Ajeita os longos cabelos, que de modo sutil encobrem o encaixe da prótese do antebraço esquerdo. Ela tinha 14 anos quando esmagou a mão em uma máquina de confeitaria, na cidade de Canoas. Valdomiro, hoje trilhando a carreira de cantor sertanejo, vendia chinelos de pano em Caxias do Sul, quando descobriu na música uma possibilidade de sair das ruas. No Vale do Sol, região central do Rio Grande do Sul, João passa os dias trabalhando com as folhas de fumo – ele já não alimenta os mesmos sonhos da juventude.

Universos tão diversos de jovens gaúchos atingidos por realidades do trabalho na infância e adolescência são entrecruzados no filme-documentário "Ser criança – um olhar para a infância e a juventude diante do trabalho no Brasil" (26min.), que estreia nacionalmente no dia 12 de outubro, às 20 hs, no Canal Futura. O documentário mergulha de forma inédita em um tema latente e profundo do Brasil: mais de 2,5 milhões de crianças são afetadas por diferentes formas de trabalho no país.

Além da estreia no Futura, o filme terá projeção no Instituto Ling, em Porto Alegre, no dia 16 de outubro, terça-feira, às 18hs, com entrada livre. A sessão contará com personagens da narrativa, em conversa com o público, relatando suas experiências de vida. A mediação será dos diretores do documentário e da procuradora Patrícia de Mello Sanfelici, coordenadora nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente, no âmbito do Ministério Público do Trabalho.

Para Patrícia, que também é personagem do filme, “temos que romper com esta história permanente de vulnerabilidade das crianças que trabalham, pois o trabalho infantil é resultado disso e retroalimenta esse ciclo”. Acácio Jacinto, diretor de programação do Canal Futura, destaca que o documentário permitirá ao Futura promover – a partir de um quadro de realidades do sul do Brasil – um amplo debate e ações de conscientização sobre este tema que a sociedade brasileira precisa enxergar e enfrentar, em seus diferentes contextos regionais.

O filme foi produzido pela Transe Filmes, com direção de André Costantin e Nivaldo Pereira, produção executiva de Daniel Herrera, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e Canal Futura (Fundação Roberto Marinho).

Serviço

- Ser Criança (documentário – duração: 26 min.)

Estreia no Canal Futura: dia 12/10, às 20h
Projeção e debate no Instituto Ling: dia 16/10, às 18h (Rua João Caetano, 440 – Bairro Três Figueiras, Porto Alegre)
Fonte: Transe Filmes

Fonte: Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul
Informações: (51) 3220-8200
www.prt4.mpt.mp.br | twitter: @MPT_RS | instagram: mpt.rs | facebook: @mptnors

Tags: trabalho infantil, Ministério Público do Trabalho

Imprimir